Rock Content

Um dos principais pontos de uma estratégia de marketing de conteúdo é a Link Building, Essa técnica que influencia diretamente os rankings no Google, pode medir a relevância e popularidade de um domínio na Internet.

Hoje, os links consistem em palavras ou expressões de um texto e apontam o leitor para outra página que fala sobre o assunto.

No futuro próximo, o link building receberá novas permissões.

O Google Chrome está trabalhando em um novo recurso que permite aos usuários acessar diretamente uma seção específica de uma página,

Será como o YouTube, que já permite vincular o ponto onde o vídeo deve começar.

Por exemplo, se você quiser compartilhar um vídeo para que os usuários possam ver o que acontece depois do terceiro minuto, você pode criar um link que precisa abrir o vídeo ali mesmo.

Agora isso também é possível em textos.

Leia para saber mais sobre esse novo recurso.

Role até a função de texto

O novo recurso do Chrome, chamado Rolar para o textoPodem ser criados links que se referem a trechos e parágrafos de outros sites

Essa configuração é exibida em um snippet de URL que permite aos usuários encontrar rapidamente o snippet de conteúdo que merece atenção.

O recurso original do GitHub será adaptado aos usuários do Google Chrome.

O site do GitHub, no entanto, oferece várias explicações de como a nova ferramenta funciona.

Ao se referir a uma seção particular de uma página, é desejável ter acesso direto à passagem. E hoje tal ação não é permitida.

Para contornar esse problema, os usuários compartilham capturas de tela com trechos de conteúdo mais relevantes ou dão instruções sobre qual parte do texto deve começar a ser lida.

Além de reduzir o compromisso público A página de referência torna essa barreira ainda mais difícil de navegar pela célula, onde é mais difícil rolar a página para certas passagens.

O GitHub então sugere que os usuários podem associar uma passagem direta com o conteúdo, Os leitores podem se envolver diretamente com a publicação original,

Essa alteração, que aparecerá como um novo sinalizador no Google Chrome, deverá estar disponível para usuários do Chrome Canary nas próximas semanas.

Rolar para o texto nos mecanismos de pesquisa

Nos mecanismos de pesquisa, esse recurso pode facilitar ainda mais a solicitação do usuário.

Como um exemplo do GitHub, quando você pesquisa no Google, você pode encontrar um link para o "salto" diretamente para a página que você está procurando.

No exemplo dado pela plataforma de hospedagem na busca pelo discurso "Gettysburg Address" do presidente americano Abraham Lincoln, para descobrir quais fontes de inspiração foram seu discurso, é possível vincular a Wikipedia com a opção "Follow" encontrar diretamente para o subtítulo, o que explica a intenção da pesquisa.

Procurar por Intertítulo com pesquisa do Google

Como rolar para o texto funcionará

Para que esse mecanismo funcione, o GitHub sugere codificar um fragmento no fragmento de URL prefixado com "targetText =".

Como o texto pode conter caracteres inválidos no URL, como espaços, o texto deve ser codificado em porcentagem.

Por exemplo: "# targetText = My% 20Heading" significaria que a primeira ocorrência da frase "My Heading" está selecionada como um link na página.

Nos casos em que a distância vinculada é muito longa, há uma maneira de reduzir a URL para que ela não fique muito longa e cause impacto direto na estratégia de SEO. Isso é feito por um código de início e fim – startPiece. * EndPiece.

Para definir o texto do snippet dessa maneira, basta inserir dois snippets separados por vírgulas no targetText. Veja este exemplo:

www.example.com # targetText =% 20lazy% 20dog, marrom% 20fox

Esta conexão levaria à passagem "O cão preguiçoso saltou sobre a rápida raposa marrom".

A mudança é ótima e otimizada para a experiência do usuário, pois encontram certas informações mais práticas e diretas.

No entanto, essa alteração não promete apenas alterar os usuários. Isso pode ser um grande fator de mudança para SEOs em todo o mundo.

Seu conteúdo específico agora pode receber vários backlinks externos para um snippet específico, aumentando o número de textos âncora apontando para esse texto e o número de palavras-chave que podem classificar o mesmo conteúdo.

Por exemplo, em nosso guia abrangente sobre SEO, temos uma seção que explica a importância de URLs amigáveis.

Dificilmente alguém se referiria a este texto, apenas para que o leitor possa encontrar este parágrafo. O que limitou severamente os textos âncora que apontavam para esta página.

Com a mudança, esse conteúdo pode receber links apontando para diferentes tópicos:

Extraia do guia completo de SEO para URLs amigáveis.

Aumente o volume de backlinks para suas páginas e mostre ao mecanismo de pesquisa como seu conteúdo pode responder a muitas perguntas dos leitores e aumentar a autoridade da página.

O movimento promete incentivar a produção de um conteúdo cada vez mais completo que desdobre completamente um tema.

Vale a pena notar que o Google já é capaz de responder às consultas de pesquisa, destacando apenas os trechos específicos diretamente da SERP.

Otimizar seus guias de cauda longa nunca foi tão importante.

Você acha que a mudança realmente afetará as estratégias de link building? Compartilhe seus pensamentos nos comentários.

O conteúdo é baseado em histórico do Chrome,

O que é SEO?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Como Renomear Arquivo Linux

Este terminal é uma ferramenta insubstituível para administradores de servidores Linux. Os…

Aprenda Como Listar Usuários no MySQL Usando Linux

O MySQL é um dos gerenciadores de banco de dados mais populares…

Aprenda O Que é LocalHost e as Vantagens de Usá-lo

Todo mundo usa uma linguagem para se comunicar com outras pessoas. No…

Como Fazer Uma Intranet Com WordPress

Se você é um desenvolvedor profissional e suas atividades estão aumentando, a…