10 dicas de marketing digital para empreendedores

Se você é um empreendedor e está pensando em comercializar e distribuir seus negócios, este artigo é para você. O objetivo aqui é fornecer algumas Dicas para marketing digital para empreendedores Você deve estar ciente.

É costume atender a esse público e perceber que muitos empreendedores acham difícil gerar novos negócios por meio do marketing digital. E isso geralmente acontece porque eles não entendem completamente como essa atividade pode ajudá-los em suas vidas diárias.

Nos separamos abaixo 10 dicas de marketing digital para empreendedores então você tem um olho. Experimente:

1. Marketing Digital Também é sua responsabilidade

Como empreendedor, você não precisa ser um especialista em marketing digital. Você precisa conhecer seus negócios, seus clientes e quais problemas eles resolvem. Fato.

É arriscado confiar sua estratégia de marketing digital 100% para outras pessoas. Por muitos anos, nós da Mirago temos acompanhado histórias de empreendedores que sofreram muito para implementar adequadamente suas estratégias digitalmente. Isso ocorre porque eles entenderam muito pouco sobre marketing digital e delegaram essa responsabilidade a terceiros.

Não estou dizendo que você deve cuidar do seu marketing digital e sujar as mãos. Isso pode ser necessário se você iniciar um pequeno negócio com poucos recursos.

Uma boa saída é a contratação de um parceiro (agências, consultores ou freelancers) ou a cooperação interna para lidar com o marketing digital. Mas não cometa um erro. Se você entende melhor o seu negócio, entende e geralmente entende o marketing digital pelo menos nesse cenário.

Na prática, muita coisa acontece:

Por um lado, um empreendedor que entende muito de seus negócios e um pouco de marketing digital.

Por outro lado, uma agência que entende muito bem o marketing digital e não tem quase nada a ver com o seu negócio.

O empresário vê alguns vídeos do YouTube sobre marketing digital e já acha que ele entende. A agência tem duas ou três reuniões com sua empresa e já pensa que entende seus negócios. Ambos os lados estão começando a desenvolver idéias que podem não levar a resultados consistentes.

Tudo isso começa a valer a pena quando o empreendedor começa a controlar melhor o marketing digital e a agência começa a entender completamente os negócios do empresário.

Como você espera que os resultados sejam esperados da sua agência? Como avalio seu trabalho? Como posso contribuir com idéias? Como você pode fazer tudo isso sem entender o marketing digital?

2. Tem conhecimento interno ou terceirizado?

Muitas vezes, o pequeno empresário está em uma encruzilhada: investir em educação e treinamento para desenvolver conhecimento interno de marketing digital com ele e sua equipe, ou contratar um parceiro ou parceiro estratégico para apoiá-los?

Não existe certo ou errado, depende apenas do perfil do empreendedor. Ambas as decisões têm suas vantagens e desvantagens. No entanto, acredito que, independentemente de sua decisão, o empresário deve ter algum conhecimento básico de marketing digital para poder julgar mais tarde se as medidas implementadas em sua empresa têm o efeito desejado ou não. ,

Se ele não está interessado no assunto e está "nas mãos" de sua equipe ou mesmo de um fornecedor externo com esse conhecimento, ele pode não ser capaz de julgar se os resultados alcançados são bons ou não, de acordo com os investimentos feitos. , alcançado. Desta maneira É recomendável que os proprietários de pequenas empresas tenham um entendimento mínimo de conceitos como análise da web (métricas), tráfego e conversão.

Só então ele pode entender o que está acontecendo em seu negócio de marketing digital.

3. Seu site precisa gerar novos negócios

O site de uma empresa, especialmente uma pequena empresa, deve ser um dos principais canais para gerar novas oportunidades de negócios. O empresário, que não vê um site como esse, infelizmente parou na hora. Por muitos anos, os sites não são mais apenas "cartões de visita virtuais", mas cada vez mais ganhando relevância em uma estratégia de marketing e vendas.

Com a capacidade atual de direcionar tráfego qualificado para o seu site, essa deve ser sua principal preocupação quando se trata de estratégias de marketing digital. Infelizmente, não é isso que vemos na prática.

Todo empreendedor quer criar um site ou já o criou. No entanto, quando perguntados sobre qual receita esse site gera, geralmente encontramos respostas assustadoras. Alguns problemas comuns que encontramos nos sites de empreendedorismo:

  • Os sites não são fáceis de usar
  • Os sites não respondem (não cabem em dispositivos como telefones celulares, tablets etc.)
  • Sites sem atualizações (apenas com conteúdo institucional – o mesmo há anos)
  • Sites com estrutura sem aspecto de otimização (SEO)
  • Design que afeta o consumo de informações
  • Entre outros problemas.

Portanto, lembre-se de que qualquer estratégia descrita no Marketing Digital é uma das bases mais importantes do seu site, que deve ser planejada estrategicamente desde o início.

4. Crie conteúdo valioso

O conteúdo é e continua sendo o rei em uma estratégia de marketing digital., Especialmente para pequenas e médias empresas, a geração de conteúdo valioso pode ser uma excelente maneira de canalizar tráfego qualificado para seu site, mídia social e outros canais pelos quais você se comunica com seu público. Portanto, a produção de conteúdo tem dois aspectos principais: ajuda a gerar leads ou vendas para uma empresa e também contribui para a relevância da marca corporativa.

E qual é o conteúdo valioso? Conteúdo valioso é qualquer conteúdo que ajude seu cliente no seu dia-a-dia e que realmente ajude e seja valioso para ele o tempo todo.

Por exemplo, na Mirago, criamos cursos e conteúdo sobre vários tópicos de marketing digital, escrevemos e criamos vídeos educacionais, publicamos artigos em blogs e outros conteúdos que podem ajudar a fazer com que nosso público-alvo trabalhe melhor. Esse conteúdo disponível gratuitamente ajuda as pessoas interessadas nos tópicos que discutimos, resolvemos problemas ou identificamos oportunidades nesses tópicos. Nesse caso, somos confrontados com conteúdo valioso. Portanto, todo empreendedor deve prestar atenção à sua estratégia de criação de conteúdo.

5. Entenda e, se necessário, aplique marketing de entrada

Atualmente, o inbound marketing é uma das principais estratégias no campo do marketing digital e um dos melhores resultados. O conceito existe nos EUA há pelo menos 10 anos, mas só ganhou força no Brasil nos últimos anos.

Uma das definições que eu mais gosto é: "O marketing de entrada pode ser visto como qualquer tipo de tática de marketing baseada em despertar o interesse das pessoas em vez de comprá-la".

O Marketing de entrada depende muito do marketing de conteúdo para canalizar o tráfego qualificado para seus canais. Antes disso, no entanto, você precisa conhecer seu público-alvo (personas) e a fase da jornada de compra, na qual os tipos de clientes individuais estão localizados.

Basicamente, existem 4 etapas no marketing de entrada:

etapas de marketing de entrada

Fonte: http://hubspot.com/

Os empresários devem prestar atenção a essa maneira de gerar novos negócios. Para aprofundar o tópico, oferecemos um curso de marketing de entrada aqui no Mirago.

6. Saiba como comprar tráfego

As estratégias de marketing de entrada e marketing de conteúdo geralmente são recompensadas a médio e longo prazo. No entanto, se você precisar de resultados a curto prazo, esteja ciente de que existem várias maneiras de trazer tráfego qualificado para seus negócios rapidamente. As principais fontes de transporte qualificado para pequenos e médios empresários atualmente são Anúncios do Google, Facebook e Instagram, Claro, existem muitas outras maneiras de comprar tráfego, mas vou me concentrar nessas três.

Contar com especialistas para canalizar o tráfego para os seus negócios pode ser um ponto de virada na estratégia de marketing digital., Muitas vezes, as pequenas empresas já estão usando essas plataformas para iniciar novos negócios. O problema é que, na maioria dos casos, eles não conseguem medir o retorno do investimento ou sofrem de problemas e peculiaridades técnicas de cada plataforma, afetando, finalmente, os resultados.

Os empresários que passaram anos investindo em uma ou mais dessas plataformas se vêem em dúvida se o resultado dessas ações é bom ou não. Ou se o investimento valeu a pena ou não. Se você é um desses empreendedores, pode ser uma boa ideia conversar com especialistas da área para ver se seu investimento está sendo usado com sabedoria.

7. Saiba como converter

Depois de trazer tráfego qualificado para seus canais, o objetivo é capturar parte do tráfego em seu site ou em uma página de destino específica (para venda (no caso de comércio eletrônico) ou geração de leads (no caso de uma empresa de serviços) exemplo).

Este artigo tem muito a ver com o artigo 3 (o site precisa gerar novos negócios) porque o site precisa ser criado como um mecanismo de conversão. Obviamente, os ajustes podem e devem ser feitos ao longo do tempo para aumentar as taxas de conversão. No entanto, é importante que seu site seja estratégico desde o início e já tenha pensado em conversões.

Não adianta investir recursos Na geração de tráfego por meio de marketing de entrada ou ferramentas como o Google Adwords Se o seu site não converter visitantes em leads ou clientes, Então, empresários, observe este ponto importante.

8. Consulte as mídias sociais

Se os objetivos estratégicos de marketing tornam significativo a presença nas redes sociais (e isso é verdade para a maioria das empresas), sua empresa deve ser estratégica, em vez de apenas "criar uma página de fãs".

É isso aí Principal erro do empresário: Comece a agir em certas mídias sociais apenas porque "os concorrentes estão fazendo isso" ou porque "não podemos ficar de fora"., O problema é que não há estratégia relacionada à participação da empresa em uma rede social. Quais são as consequências?

  • Perfis que inserem conteúdo em um horário específico e depois desistem
  • Perfis sem ou com muito pouco compromisso social
  • Perfis com conteúdo comercial sem sentido que não gera valor
  • Perfis para os quais nenhuma frequência de postagens foi definida (postada hoje nos últimos 30 dias).
  • Perfis que não entendem o contexto de qualquer rede social (cada rede possui um idioma único e deve ser estudada de maneira diferente e não ter a mesma mensagem para todos)

Iniciar um relacionamento de mídia social requer planejamento, estratégia e trabalho duro. Entenda isso, para que sua marca não fique feia.

9. Métricas – Saiba como analisar números

Eu falei um pouco sobre isso no ponto 2, mas merece um ponto próprio. Todos sabemos que uma das grandes coisas da Internet é que podemos medir praticamente qualquer coisa. Portanto, sua empresa pode calcular o retorno de cada dólar investido em mídia digital. Portanto, é importante que o empresário saiba quais indicadores-chave são relevantes para analisar o progresso de seus esforços de marketing digital. Aqui temos que ter cuidado, pois geralmente há uma montanha de dados gerados, mas precisamos saber quais são realmente importantes para monitorar para cada tipo de negócio.

Um empresário que não conhece suas métricas de negócios precisa investir "no escuro" e não sabe em quais canais investir ou não. A confiança nesse conhecimento ou experiência proprietária é crucial para o proprietário da empresa tomar decisões com base em números, em vez de suposições que ainda são comuns em pequenas empresas.

10. Fique atento a tudo o que acontece no mercado

Pode parecer clichê ou vago, mas no mercado de marketing digital, a velocidade com que as coisas acontecem geralmente é maior do que nossa capacidade de analisar, processar e colocar em prática novas atividades em nossos negócios.

Aqui estão algumas dicas para mantê-lo informado:

  • Eventos frequentes da indústria
  • Manter relacionamentos com os locais
  • Consuma conteúdo valioso do Brasil e do mundo.
  • Compartilhe esse conhecimento com sua equipe ou contrate um fornecedor especializado para ajudá-lo (muitos trabalham sob demanda – por hora), oferecendo flexibilidade.

Além dessas dicas, temos a vantagem no Brasil de olhar para os mercados externos e ver o que está acontecendo hoje em dia, e reconhecer quais tendências provavelmente ocorrerão no Brasil nos próximos meses e anos. O mesmo aconteceu com o marketing de conteúdo, o marketing de entrada e outros conceitos que existem atualmente no marketing digital quando analisamos o mercado dos EUA há cerca de 10 anos.

Essas foram as 10 dicas de marketing digital para empreendedores. Fácil? Claro que não. No entanto, você pode obter melhor gerenciamento de marketing observando esses 10 pontos e implementando melhorias em seus negócios.

O que você acha dessas 10 dicas? Você concorda? Você tem mais a concluir? Deixe um comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

O guia completo para desenvolvimento de conteúdo orientado a dados

<! –-> O que é desenvolvimento de conteúdo? Desenvolver conteúdo é tudo…

7 exemplos de estudos de caso B2B e B2C para modelar seu conteúdo

<! –-> No panteão dos tipos de conteúdo, o estudo de caso…

Como personalizar os destaques do Instagram: estratégias e ferramentas · Blogs do Postcron

Use oDestaques do Instagram "? Estas são as famosas "Histórias em destaque".…

8 Estratégias de construção de links da White Hat 2020 (obter os melhores backlinks)

1 de novembro de 2019 Hoje você aprenderá 8 estratégias de construção…