O básico das linhas de comando do Linux é absolutamente essencial para futuros administradores de sistemas e usuários avançados do Linux. Hoje mostraremos outra função básica – excluir arquivos e diretórios no Linux usando linhas de comando.

Comando Rmdir

O comando para excluir diretórios vazios no Linux é rmdir,

A sintaxe básica deste comando é fácil de entender, aqui está um exemplo

rmdir [option] nome do diretório
  • rmdir é o comando
  • [option] é um modificador opcional que altera o comportamento do comando
  • nome do diretório é o diretório que você deseja remover

Se nenhuma opção for oferecida, o rmdir simplesmente exclui o diretório no qual o nome é especificado como o destino. Antes de usar este comando, você deve efetuar login no seu VPS com SSH. Este artigo pode ser útil neste momento.

Remova arquivos do Linux com o comando rmdir

Antes de usar o comando rmdirRecomendamos verificar os arquivos no diretório com o comando ls, No nosso caso, temos um diretório chamado Dir1.

dirdir dir1

Este comando exclui o diretório vazio chamado dir1, Muito simples, certo?

Você também pode excluir vários diretórios, separando os nomes por espaços. Por exemplo:

rmdir Dir1 Dir2 Dir3

Depois de executar este comando, os diretórios são nomeados dir1, dir2 e pasta3 será apagado.

Suponha que tenhamos um diretório chamado pasta3, pasta3 contém subdiretórios e arquivos. Agora usamos os seguintes comandos:

dirdir dir3

Vamos pegar um erro assim:

rmdir: & # 39; dir3 & # 39; não pôde ser removido: o diretório não está vazio

Como você pode imaginar com esse problema, o rmdir Funciona apenas com diretórios vazios.

O Rmdir é um utilitário inteligente que permite excluir apenas diretórios vazios para evitar perda acidental de dados. Lembre-se, recuperar dados apagados de uma distribuição Linux é quase impossível.

A opção -p permite excluir o diretório, bem como os diretórios relativos.

rmdir -p Dir1 / Dir2 / Dir3

Este comando apaga os diretórios Dir3 e relativos dir2 e dir1,

A opção -v Exibe um texto de diagnóstico para cada diretório processado. Com esta opção, você verá uma lista de confirmação de todos os diretórios excluídos.

Comando Rm

Use o comando rmdir para remover com segurança os diretórios não utilizados e vazios. Se você deseja remover arquivos ou diretórios que contenham arquivos, você deve usar o comando rm,

A sintaxe básica desse comando é semelhante a rmdir:

rm [option] nome do arquivo

Remover arquivos do Linux com o comando rm

Use o rm para remover o arquivo chamado article.txt:

rm article.txt

Se você tem um diretório dir1 Contém subdiretórios e arquivos, devemos anexar o modificador -r, O comando ficará assim:

rm -r Dir1

A opção recursiva -r Remova diretórios e conteúdo.

Outra opção útil é -i, Essa opção solicita que você confirme os arquivos que deseja excluir individualmente. Para evitar surpresas desagradáveis.

Você também pode excluir diretórios vazios -d, O comando a seguir exclui um diretório vazio denominado dir1:

rm -d Dir1

Você também pode usar o curinga (*) e uma extensão regular para coincidir com vários arquivos. Por exemplo, o comando a seguir exclui todos os arquivos PDF que estão no diretório atual.

rm * .pdf

Você também pode usar variações dos comandos acima para excluir arquivos com outras extensões, como .txt, .doc, .odt e assim por diante.

A opção -f Esta opção permite forçar a exclusão de todos os itens no diretório. O comando é assim:

rm -rf Dir1

O comando acima exclui tudo recursivamente e forçado e está localizado no diretório dir1 sem pedir ao terminal alguma coisa.

Você também pode excluir vários diretórios ao mesmo tempo. O comando a seguir exclui três diretórios dir1, dir2 e pasta3 em um único comando.

rm -rf Dir1 Dir2 Dir3

Parabéns, você dominou todas as funções básicas dos comandos rm e rmdir com sucesso!

conclusão

A exclusão acidental de um arquivo do Linux pode causar danos significativos. Portanto, certifique-se de ter os dois comandos principais para remover arquivos e diretórios – rm e rmdir. Este artigo explica esses dois comandos e as várias opções que podem ser usadas com eles.

Esperamos que você ache este artigo útil! Observe que, após excluir um arquivo ou diretório do Linux, você não poderá restaurá-los. Portanto, tenha muito cuidado! Boa sorte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Crise de marca nas redes sociais: saiba como se posicionar

Crise Toda vez que essa palavra aparece, ela causa arrepios e preocupações,…

Usando a persona para evitar escassez de conteúdo

Este estudo de caso faz parte da história do curso de Marta…

8 erros que sua empresa digital precisa evitar

A edição da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) para empresas digitais pode ser…

Como Instalar e Usar o Screen Linux?

SysAdmins geralmente trabalham com o terminal Linux. E com o Screen Linux…