Para solicitar uma revisão: dicas, estudos de caso e mais

<! –->

O marketing não é apenas publicidade paga, é sobre o conteúdo que sua equipe cria.

Uma das formas mais eficazes de publicidade para a sua empresa vem dos seus clientes ou dos próprios clientes.

Desde análises individuais de clientes de empresa a consumidor, até depoimentos e estudos de caso mais detalhados entre organizações de empresa a empresa. Os envios de clientes em todos os seus formulários podem criar um valor agregado que afeta seus resultados,

O que essas revisões e depoimentos têm em comum? Todos eles vêm de terceiros e não do porta-voz oficial da sua empresa.

Aí vem o valor: Essas histórias de terceiros são uma "prova social" da excelência do seu negócio.

Uma única classificação positiva pode afetar um cliente em potencial mais do que uma avalanche de publicidade.

Aqui está tudo o que você precisa saber para obter feedback público positivo de seus valiosos clientes e advogados de marcas registradas.

Qual é o valor de análises e depoimentos para empresas?

Adicionar depoimentos, revisões e outras informações de terceiros à sua estratégia de marketing pode fazer a diferença para os seus negócios de várias maneiras importantes.

Esses materiais não apenas fornecem à sua empresa uma fonte credível e útil de publicidade, mas também podem neutralizar feedback negativo,

O feedback de terceiros tem um valor final

Pode ser difícil solicitar à sua equipe de marketing que mude o foco e obtenha feedback do cliente, a menos que você traga dados para a tabela.

Felizmente, é fácil encontrar essa prova. Está ficando cada vez mais claro que os clientes em potencial desejam ver críticas positivas e críticas das empresas com as quais estão lidando.

A pesquisa da BrightLocal descobriu que 91% dos consumidores com idades entre 18 e 34 anos acreditam que as análises on-line são tão credíveis quanto as recomendações de seus pares.

No geral, a confiança nas análises online é de 78%.

Se você receber um feedback positivo, mais de três quartos do seu público acaba de receber o equivalente a um selo pessoal para sua empresa.

As avaliações dos clientes não são apenas valiosas no mundo B2C, pois a pesquisa de produtos B2B se tornou cada vez mais auto-direcionada e independente.

Por exemplo, o Pragmatic Institute constatou que 60% dos compradores B2B leem comentários enquanto realizam suas pesquisas preliminares de produtos. Um segmento ainda maior, 78%, inicia a jornada de compra com um tipo de pesquisa na web.

Se você procura sua empresa, encontrará feedback positivo ou dificuldades?

Compradores insatisfeitos não precisam de incentivo para conversar – talvez clientes satisfeitos

Se os clientes estão insatisfeitos com uma marca e insatisfeitos, eles podem tornar esse descontentamento público por meio de uma revisão ou comentário público nas mídias sociais.

Interações positivas com as empresas podem não levar à mesma urgência. Isso leva a um cenário em que as reclamações superam os elogios, mesmo em situações em que as empresas satisfazem amplamente seus clientes.

Visite a página "Better Business Bureau" de uma empresa em uma área como seguros ou bancos, e você verá esse efeito em ação, com classificações médias sombriamente baixas sendo a norma.

Incentivar seus clientes a dar feedback quando você administra uma marca B2C ou obter mais comentários de seus clientes no mundo B2B, pode compensar a negatividade que é tão prevalecente nas avaliações on-line ,

Isso ajudará você a gerenciar sua reputação e obter uma vantagem competitiva sobre outras marcas que receberam críticas e depoimentos menos ativos de seus clientes satisfeitos.

B2C vs. B2B: como está recebendo feedback?

A principal diferença entre a promoção do feedback B2C e B2B está na ordem de magnitude.

Embora as empresas orientadas para o consumidor, sejam elas de vendas pessoais ou on-line, possam ter sucesso com dezenas de análises rápidas de clientes, o processo de capturar um depoimento ou estudo de caso B2B é mais matizado e demorado.

As transações B2B tendem a ser maiores, mais longas e menos comuns; portanto, todos devem estar mais envolvidos no impulso geral do marketing de conteúdo.

B2C vs. B2B: qual é o processo de verificação?

Basicamente, as duas abordagens para capturar o feedback do cliente são semelhantes e não diferentes.

Ambos representam um relaxamento das notícias da empresa, que geralmente são gerenciadas passo a passo em todos os detalhes.

Usar feedback de terceiros significa envolver outras vozes na conversa enquanto define termos e tom.

Como não há praticamente nenhuma maneira de dizer "não leia críticas" sem ser evasivo ou defensivo, é muito melhor mergulhar no mundo dos comentários dos clientes do que ignorá-los e perder o controle da discussão.

Listadas abaixo estão algumas das melhores práticas associadas à aceitação desse tipo de atitude favorável à avaliação. Estes são subdivididos em pontos focais B2C e B2B.

Essas diferentes abordagens levam ao mesmo resultado geral: mais credibilidade e uma reputação on-line frágil da sua empresa.

Revisões do B2C: como as empresas devem incentivar o feedback dos compradores?

Fazer com que os clientes cuidem dos seus negócios B2C é uma tarefa desafiadora, mas não é difícil ver como as análises se encaixam no processo.

O primeiro passo é se colocar no lugar de seus clientes.

O que você faz quando pensa em iniciar um novo negócio? Se você conhece alguém que comprou desta empresa, pode pedir sua opinião.

E se não? Aqui, sites de análise on-line, como o Yelp e o Google My Business, estão provando seu valor, pois apresentam uma variedade de respostas dos clientes.

Desde a fundação do Yelp em 2004, os usuários contribuíram com 192 milhões de críticas, metade delas com 5 estrelas.

Obter o maior número possível de críticas positivas nesses sites pode ser o seu ingresso para uma melhor reputação e otimização do mecanismo de pesquisa local, se você estiver em um local específico, em vez de trabalhar on-line.

A necessidade de um bom feedback não significa que você deve reproduzir o sistema ou passar horas gerando classificações incorretas – seu público-alvo é exigente e críticas honestas são essenciais.

O que você pode fazer é Incentive todos os clientes satisfeitos a escrever uma resenha sobre seus negócios, Se você não seguir essas etapas, as críticas negativas podem ocupar mais espaço do que as positivas, pois os clientes se sentem mais motivados a postar quando estão descontentes ou felizes.

Peça opiniões B2C

Solicitar análises não deve ser uma parte ocasional ou improvisada do seu processo de vendas B2C.

Em vez disso, você deve ter uma maneira focada e abrangente de coletar feedback e incentivar revisões.

Configurar um processo automatizado e repetível

A melhor maneira de solicitar revisões on-line é geralmente configurar um processo automatizado e repetível que envolve entrar em contato com os clientes. O email pode ser a ferramenta de revisão mais simples que você pode usar para atrair a atenção dos consumidores.

Seja exatamente o que você pede

Se você solicitar críticas dessa forma, responderá direta e especificamente à sua solicitação. Um pedido vago de "dar uma classificação" não é razoável nem realizável.

No seu email, inclua um link para a página da sua empresa no site de classificação de sua escolha, como: B. Yelp, grátis. Quanto mais fácil é para os clientes darem uma classificação, mais provável é para eles.

Se sua empresa é principalmente pessoal, talvez não seja possível fornecer às pessoas um link para clicar. No entanto, você pode e deve incentivar os compradores a revisar o negócio. Cartões de visita e recibos são uma boa maneira de solicitar aos clientes que publiquem uma crítica no Yelp ou em outro site. Estes podem ser facilmente incluídos nos pedidos.

Subornar revisores sem incentivos

Uma coisa que você deve evitar é motivar os críticos com descontos ou outros bônus. Muitos sites de revisão têm regras contra esse comportamento. A violação de regras como essa pode neutralizar o trabalho árduo que você faz para obter análises legítimas de seus produtos.

Não pare assim que as críticas positivas forem recebidas

Mesmo se você recebeu muitas críticas positivas, deve manter o ritmo.

As boas menções não apenas neutralizam as críticas negativas, como também a criação de um grande número de críticas está associada às principais empresas – as empresas locais médias têm uma média de 39 avaliações do Google e os principais desempenhos dos mecanismos de pesquisa 47.

Além disso, 40% dos consumidores baseiam suas decisões de negócios em avaliações com duas semanas de idade ou mais. É claro que você deve configurar um processo repetível que promova um fluxo constante de feedback.

Estudos de caso de B2B: o que as empresas devem perguntar e como devem usar as informações?

O conceito de feedback de clientes B2B e relatórios de avaliação está alinhado com a ideia das avaliações B2C: você deseja mostrar aos possíveis compradores que sua organização também agrada aos compradores e que seus produtos e serviços atendem aos seus padrões.

No entanto, dada a complexidade relativa das transações B2B, você precisa se concentrar em uma comunicação mais profunda do que as breves menções em plataformas de revisão como o Yelp.

Aqui, tipos de conteúdo avançados, como estudos de caso escritos e depoimentos em vídeo, provaram ser úteis. Eles fornecem uma visão aprimorada da maneira como sua empresa ajudou outros clientes a resolver seus problemas e obter sucesso.

O problema é que a criação de postagens do Yelp é tão exigente quanto mais detalhada e possivelmente mais atraente do que uma simples revisão do Yelp.

Para obter esse tipo de reconhecimento estendido para seus negócios, você precisa pedir aos seus clientes que invistam tempo e esforço em trabalhar com você.

Para solicitar estudos de caso e depoimentos B2B: Estratégias eficazes para experimentar

Como em qualquer favor louvável, a chave para obter depoimentos e estudos de caso de seus clientes é saber pedir. Aqui estão algumas estratégias eficazes para tentar:

Configurar um processo automatizado e repetível

Como mencionado anteriormente, vale a pena criar um processo recorrente que incentive automaticamente o feedback dos clientes com experiências diferentes com sua marca.

Comece com seus melhores clientes

Conversar com seus principais compradores de B2B sobre um depoimento ou estudo de caso é uma ideia que agrega valor. Esses clientes podem responder bem à solicitação, sentir-se valorizados e aproximar-se mais da sua marca do que nunca. O material que você fornece mostra a sua empresa da melhor forma possível e atrai a próxima rodada dos principais clientes.

Destaque os benefícios de publicidade de estudos de caso

Um relatório separado do Content Marketing Institute destacou algumas das estratégias avançadas de negociação que você pode usar após iniciar conversas com clientes. Por exemplo, você pode destacar os benefícios de visibilidade da empresa cliente mencionados no estudo de caso e incluir o nome em seus feeds de mídia social, campanhas por email e muito mais. Essa promoção cruzada aleatória pode ser um incentivo atraente.

Não desista se os estudos de caso padrão não funcionarem

Embora seus clientes tenham acordos de confidencialidade e outras políticas que os proíbem de falar sobre os serviços e produtos que usam, há oportunidades para compilar estudos de caso e depoimentos. Os estudos de caso anônimos e em grupo podem continuar a provar a eficácia da sua marca. O efeito desse estudo não será tão grande e você não poderá oferecer as mesmas oportunidades de publicidade, mas pedir ainda é uma maneira de salvar o processo.

Melhore seus estudos de caso e análises de B2B

Não importa quão forte seja a conexão entre sua marca e um cliente, não é o caminho certo para dizer que você é um testemunho.

Conversando com o Conselho da Agência Forbes, Jacob Hanson, da Panache! Defina o princípio orientador para um bom estudo de caso: identifique um problema em primeiro plano e mostre como o resolveu. A Berkeley Communications observou que as sessões reais de perguntas e respostas para o cliente devem ser fáceis de gerenciar com uma entrevista ao vivo por uma equipe experiente que conhece a situação e obtém as informações corretas.

As perguntas realmente feitas devem seguir um padrão, desde a configuração do plano de fundo até a identificação do problema, a solução, a determinação do benefício e o futuro.

As perguntas devem ser escritas para garantir que os entrevistadores possam sempre orientar a conversa em uma direção produtiva, proporcionando-lhes os resultados desejados, sem a necessidade de acompanhamento. Para um guia mais detalhado desse processo, consulte o eBook Brafton sobre este tópico.

A mídia moderna pode aumentar o impacto e o valor do seu estudo de caso completo para o público. A HubSpot recomendou a criação de vídeos sobre os resultados do cliente, porque o conteúdo visual é mais fácil de manusear do que os materiais escritos. Todd Earwood, da MoneyPath, concordou e disse ao Conselho da Agência Forbes que se você conseguir capturar o cliente com suas próprias palavras, poderá aumentar a credibilidade do conteúdo.

Prove o valor do seu negócio, não importa o que você faça

Todo consumidor ou comprador de B2B está interessado em trabalhar com organizações que fornecem serviços de classe mundial. Seus depoimentos mais convincentes vêm dos clientes mais felizes.

Se sua empresa é a melhor em seu setor ou região quando se trata de solicitar análises de clientes, depoimentos ou estudos de caso, você pode estar em uma posição ideal para superar o barulho e se tornar uma escolha óbvia. Independentemente de sua empresa ser grande ou pequena, você deve buscar feedback a cada oportunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Persona Definition: Como crio uma para a sua empresa?

A Definição de persona é um passo importante para a sua empresa…

9 citações para criar conteúdo que o inspirará

<! –-> O marketing de conteúdo é difícil. Não há duas opções.…

7 Estratégias de construção de links da White Hat 2020 (Backlinks SEO avançados)

Projeto publicado em 10 de julho de 2019 Hoje, você aprenderá 7…

Como usar melhor as hashtags do Instagram · Blogs do Postcron

Instagram se tornou um Uma das plataformas de marcas mais usadas para…