As 5 tendências do Digitalks 2019

O Fórum Expo Digitalks 2019 ocorreu nos dias 28 e 29 de agosto e trouxe muitas discussões e informações sobre negócios e marketing digital. Qualquer pessoa que tenha conseguido descobrir tudo o que está acontecendo na área.

Se você não pode andar, não se preocupe. Preparamos este artigo com os tópicos mais discutidos no 2019 da Digitalk! Não falamos apenas sobre as tendências, mas também sobre o que foi discutido em cada tópico! Venha conosco!

1. Análise de dados

A análise dos dados foi um tópico quase onipresente no 2019 da Digitalk. Um consenso entre palestrantes e visitantes foi como A análise de dados está se tornando cada vez mais relevante para as decisões,

Atualmente, existem ferramentas que facilitam e facilitam a visualização de processos. Temos dados com resultados e ações de anúncios que facilitam a correção do erro. A realização de testes não é mais um tiro no escuro.

O tópico mais relacionado no Data Analytics foi CRM, Para entender a jornada do cliente, é necessário obter uma visão do comportamento do cliente. Os CRMs foram essenciais para reunir informações e números sobre a jornada de compra.

O significado de segurança de dados, Em um painel de discussão com membros da ABRADI e o advogado Vítor Andrade, foram discutidos não apenas o direito do usuário à privacidade, mas também a necessidade de proteger os dados coletados.

2. Marketing não consolidado

Este tema foi defendido pelo inventor do conceito, Rafael Kiso, fundador da Mlabs. Em sua apresentação, Kiso introduziu o conceito de Unbound. Essa é uma proposta para remover as restrições de entrada e incluir a melhor metodologia de saída.,

A idéia é baseada no conceito de que o público gasta mais tempo nas mídias sociais do que em qualquer outro lugar na internet. Ao Impacto no público de redes com anúncios, melhore o desempenho da sua pesquisa posteriormente.

Rafael Kiso falou sobre por que o reconhecimento da marca foi criado antes do Momento Zero da Verdade (o momento em que a pesquisa orgânica desencadeia o início do processo de entrada). O reconhecimento de marcas e produtos durante a pesquisa aumenta a taxa de cliques e oferece melhores resultados.

3. influenciar o marketing

o Influência dos influenciadores nas estratégias de marketing Também foi discutido muito no Digitalks 2019.

A pesquisa anual da Opinion Box constatou que 17% dos profissionais confiam nessa estratégia em 2020. Essa foi a estratégia mais mencionada, seguida pelo marketing de vídeo.

Tem havido muita discussão sobre como o marketing de influenciadores é uma maneira mais rápida de atrair novos clientes do que produtos orgânicos. Isso ocorre porque o grupo-alvo cativo do influenciador geralmente é muito dedicado.

Um tópico muito discutido é a necessidade de um objetivo claro no uso de influenciadores. O grande investimento exige que tudo seja planejado e que o influenciador tem um público muito próximo, se não idêntico, do procurado pela marca.

4. Mídia programática

Outra tendência do Digitalks 2019 foi a força da mídia programática.

Mídia programática são uma maneira fácil de comprar espaço publicitário na Internet, Todas as compras são feitas usando software, e você pode dividir o público por interesses e dados demográficos.

O AdSpend 2019, uma pesquisa sobre gastos com publicidade digital no Brasil, constatou que 16% do investimento nessa área em 2018 foi em Mídia Programática. Isso simboliza mais de 2,5 bilhões de reais.

Houve muita discussão sobre a necessidade Alinhando as expectativas entre anunciantes e agências de mídia programáticas, Você precisa fazer com que as marcas entendam do que a ferramenta é capaz.

Embora o crescimento tenha aumentado, a mídia programática ainda é um investimento mais voltado para grandes anunciantes.

5. Experiência do usuário

Se a análise de dados era um problema onipresente, a experiência do usuário não estava muito atrás. Na Digitalks falou sobre a importância de como o usuário interage com design, redação e resultados orgânicos,

Daniel Galvão, professor da Mirago e CWO da CRP Mango Agency, subiu ao palco para apresentar um caso na área, acompanhado por Natália Alves, da L & # 39; Oréal. Os dois, que foram apresentados como uma melhoria de carga e com foco no SEO de cauda longa, ajudaram a empresa a encaminhar clientes em potencial para parceiros de comércio eletrônico sem ter que criar seu próprio departamento de vendas.

A experiência do usuário veio até de seus próprios sites e aplicativos., Compreender como o envolvimento do cliente com a mídia social e os próprios produtos pode ser aprimorado está se tornando cada vez mais um problema.

A importância da experiência também foi discutida para o comércio eletrônico. Na palestra em espanhol Carlos Dufour, que representou a Akeneo e a ASM Web Services, o relacionamento com o cliente foi discutido com caixas de entrega que geram compartilhamento social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

7 Estratégias de construção de links da White Hat 2020 (Backlinks SEO avançados)

Projeto publicado em 10 de julho de 2019 Hoje, você aprenderá 7…

Marketing digital para empreendedores | Mirago Digital Marketing

O que diferencia o marketing digital para empreendedores do conhecimento padrão nesse…

7 Estratégias de construção de links da White Hat 2020 (Backlinks SEO avançados)

Projeto publicado em 10 de julho de 2019 Hoje, você aprenderá 7…